A cada dez cidadãos americanos, seis apoiam a legalização da Maconha.

Aos poucos as grandes nações vão se mostrando favoráveis à legalização da maconha. Pesquisa realizada recentemente, pelo Instituto Gallup, mostra que os americanos estão decretando o fim da guerra contra às drogas, uma guerra perdida que alimentou a máquina o monstro proibicionista que gera mais vítimas que o uso das próprias drogas. Enquanto aguardamos a ‘marola’ da legalização da maconha, algo que é tendência global e uma questão de tempo, aqui no Brasil torcemos para cair a temível PLC37/2013 (PL 7663/2010) que segue na contra mão das novas iniciativas mundiais em relação à política, abusiva e ignorante, sobre drogas.

Confira o resultado da pesquisa

Quase seis a cada dez cidadãos americanos apoia a legalização da maconha, revela uma pesquisa do Instituto Gallup publicada nesta terça-feira (22).

Segundo o Gallup, 58% dos entrevistados são a favor da legalização da maconha, contra 50% há dois anos e apenas 12% em 1969.

Na pesquisa recente, 39% se disseram contra a legalização e 3% não manifestaram opinião.

O apoio à legalização da maconha é maior entre os cidadãos com entre 18 e 49 anos; e entre os democratas em relação aos republicanos, segundo o Gallup.

Em abril, uma pesquisa Pew Research Center revelou que 52% dos americanos apoiavam a legalização do consumo da maconha, um aumento de 11 pontos em relação a 2010.

A pesquisa realizou consultas telefônicas com 1.028 adultos entre os dias 3 e 6 de outubro, e tem margem de erro de 4%.

Via Terra / AFP