Você está lendo

Argentina começa a vender óleo de maconha nas farmácias, mas 23 mil pesos está bem longe da realidade de quem precisa

O Jornal de estado argentino de Rio Negro, mostrou que as famílias continuam sendo reféns de um sistema perverso. Lá foi aprovado recentemente, a critério de urgência que se disponibilizasse o canabidiol e o custo não é de perto acessível para quem realmente precisa.

Uma farmácia cobra por um frasco de óleo de cannabis 23.000 pesos argentinos (aproximadamente 7.500 reais), de acordo com a pesquisa realizada pelo deputado Santiago Nogueira. Segundo ele, hoje (10/04/2017) é o prazo final para que o Ministério da Saúde teve para regulamentar a lei provincial de cannabis medicinal, que foi aprovada no ano passado.

Leia também:  Empresa da Austrália será a primeira a exportar maconha medicinal dentro da lei

“Quando a lei foi aprovada e dado o prazo de 90 dias estabelecido para o Executivo regulamentada por lei. É essencial realizar, porque sem regulamentação não pode ser aplicada “, disse Nogueira, promotor desta lei.

Hoje o óleo é inacessível para a maioria das pessoas, e a lei é destinado para aqueles que não conseguem. Por sua vez, o alto custo dessa medicina não tem explicação, disse o deputado.

“Há uma diferença muito grande”

“É uma diferença muito grande, por isso insistimos que se estude e se acelere (as pesquisas internas do país). Há um preço claramente especulativo. Estão lucrando com a saúde, com as necessidade e os entraves que existem para conseguir esse medicamento”. disse Nogueira.

Leia também:  Mais uma mãe conseguiu liminar na Justiça para importar óleo de maconha pago pelo governo

Há também a cobertura pela Segurança Social Instituto Neuquén (ISSN).

Na pontinha.

Parece que ninguém ligado diretamente ao ministério da saúde ou das indústria farmacêuticas se colocou por um único segundo, no lugar de um paciente, de uma mãe e de um pai antes de começarem as vendas. Mas uma coisa eu sei, todos eles sabem que estão lucrando com a dor alheia.

Agora conta aí:

O que você faria se precisasse do medicamento para seu filho(a), mas fosse esse valor por frasco?

Leia também:  #SUG8: Fleury desconhece famílias que aceitem o uso medicinal da maconha. Ajude o Senador a se informar melhor!

Ver Respostas

Carregando ... Carregando ...
medico maconha

Comente

Escreva seu comentário