Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
As autoridades australianas proibiram um grupo de ativistas que defendem o uso medicinal da maconha a desfilarem com um baseado gigante em um protesto previsto em Brisbane, coincidindo com a cúpula do G20. As informações são da EFE.

A Embaixada HEMP, da cidade Nimbim, conhecida por promover o consumo de maconha, não poderá exibir sua famosa réplica de um baseado de 10 metros porque seu tamanho é grande demais para chegar à zona de segurança do G20, segundo a agência local “AAP”.

O presidente deste coletivo, Michael Balderstone, disse que, por outro lado, os ativistas poderão levar réplicas de baseados infláveis em uma marcha que preveem realizar na quinta-feira para pedir ao G20 que inclua em sua agenda o uso da planta com fins medicinais.

Article Lead - wide6309939411kfwcimage.related.articleLeadwide.729x410.11kfsy.png1415679844112.jpg-620x349

“Os Estados Unidos finalmente viram a luz e estão reconsiderando seu uso, portanto por que não pode estar na agenda do G20?”, disse Balderstone.

Por outro lado, o grupo Anonymous deve marchar com máscaras durante a cúpula, desafiando as medidas que proíbem cobrir o rosto nas áreas de segurança durante a reunião do G20.

A segurança em Brisbane foi reforçada por conta das reuniões desta semana e a cúpula de líderes do G20, que acontecerão nos dias 15 e 16 de novembro, onde participarão entre outros, o presidente dos EUA, Barack Obama; o presidente russo, Vladimir Putin, e o da China, Xi Jinping

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here