‘Para rodar só basta portar’. Catra foi detido na manhã desta quarta-feira, 8, após os policiais encontrarem uma pequena quantidade de maconha no carro em que o funkeiro estava. O cantor foi levado para a delegacia (30ª DP – Tatuapé) e foi liberado por volta das 16h. Com informações da Revista Época.

Mr. Catra foi detido na manhã desta quarta-feira (08) após ser parado por uma blitz policial nas imediações do bairro do Tatuapé, em São Paulo. Os agentes da 30ª DP, que realizaram a operação, encontraram pequena quantidade de maconha no veículo em que o artista estava. Catra então foi levado para a delegacia, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) – registro de infração de menor potencial ofensivo, ou seja, crimes de menor relevância. O artista foi liberado depois dos procedimentos, por volta de 13h. “A quantidade encontrada com ele caracterizava a substância para uso próprio”, esclarece o plantonista da 30ª DP, que preferiu não se identificar. Ele informou ainda que o delegado que comandou a ocorrência, Dr Antonio Carlos, só estará de volta à delegacia na manhã desta quinta-feira (09).

Procurado pela coluna, Catra explicou: “Não foi nada demais. E que atire a primeira pedra quem me criticar. Estava em um dia daqueles…Hoje foi uma loucura total: reunião sobre o DVD, produzindo três CDs. A polícia fez o trabalho dela e foram todos muito educados comigo. Estou até parando com isso”.

Catra esteve em São Paulo para participar de um programa de TV ao lado de Kelly Key. A gravação ocorreu na tarde desta terça-feira (08). O cantor segue com sua agenda de shows, e neste fim de semana se apresenta em Santa Catarina, na sexta-feira (10). Já no sábado (11), Catra faz show em Curitiba e, na segunda (13), em Porto Seguro, na Bahia. “Já está tudo resolvido e já estou de volta ao Rio com meus filhos”, finalizou o cantor.