Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Apologia ou estilo? A prisão de mais um jovem na cidade de Salto Grande (SP) apenas pelo uso de roupas com estampas mostrando as folhas da erva mostra que a questão ainda não está resolvida. A Polícia Militar da cidade já havia detido outra pessoa pelo mesmo motivo. As autoridades especializadas condenam a ação, segundo informações do Estadão.

Um rapaz de 19 anos foi detido no fim da tarde de segunda-feira, 1º, em Salto Grande (SP), porque vestia uma bermuda com desenhos de folhas de maconha. Segundo o comandante do destacamento da Polícia Militar da cidade, sargento Tiago Tadeu Ramos, de 30 anos, o jovem – que está desempregado e não teve o nome divulgado – foi detido por apologia ao crime.

Leia também:  Uruguaios planejam vender fezes de morcegos para adubar cultivo de maconha

“(A abordagem) está prevista no Código Penal, no artigo 287. A pessoa que usa uma roupa ou qualquer outro objeto com desenho de folha de maconha está cometendo uma irregularidade. Isso caracteriza crime de apologia ao uso de drogas”, afirmou o policial. Ao ser abordado, o rapaz disse que desconhecia a proibição.

Na delegacia, ele assinou o boletim de ocorrência e foi liberado.

No mês passado, a PM de Salto Grande deteve outro rapaz pelo mesmo motivo – ele usava um boné com desenho de folha de maconha.

Para o jurista Zelmo Denari, de 79 anos, de Presidente Prudente (SP), prender pessoas que vestem roupas com desenhos de maconha é uma tolice e um abuso de autoridade. “É uma das mais arrematadas tolices que eu ouvi na minha vida de jurista”.

Leia também:  Questão de saúde

Denari destacou que a maconha foi liberada “em um país vizinho, o Uruguai” e classificou esse tipo de de repressão como “pura ignorância”. “Não tem cabimento. A polícia não entendeu direito o espírito da lei, precisa entender o mundo de hoje e se adaptar aos novos tempos”.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here