“Os caminhos de Jah são insondáveis, porém, maravilhosos sempre.” -Ras Geraldinho

Para não cair no esquecimento, a ACUCA – Associação Cultural Cannábica de São Paulo realiza, a partir deste domingo (06/07) até o dia 14 de agosto, a Quaresma Cannábica: “O Uso é Sagrado, Libertem Ras Geraldo”, lembrando e reivindicando a liberdade da injusta e abusiva prisão do líder religioso Ras Geraldinho, explanando a todos como nossa justiça e o proibicionismo andam: Para trás.

Por Celso Junior

Ras Geraldo QuaresmaRas foi preso em sua propriedade localizada em Americana, interior de São Paulo, e foi condenado a 14 anos de prisão por trafico de drogas e formação de quadrilha, além de ter seus bens confiscados. Preso por plantar maconha, Geraldinho exercia seu direito constitucional de liberdade e crença religiosa, mas mesmo assim acabou sendo condenado como traficante um cidadão de bem que se recusou a comprar no mercado negro uma erva sagrada.

Para dar início à Quaresma Cannábica: “O Uso é Sagrado, libertem Ras Geraldo”, a Associação Cultural Cannábica – ACuCa-SP promove neste domingo dia 06/07, às 15:00, o ato “Caminhada para trás” que visa mostrar a todos como nossa justiça e o proibicionismo andam: Para trás.

Será realizada uma caminhada de costas, partindo da Paróquia de São Geraldo das Perdizes (Nada mais simbólico do que começar o ato em prol da liberdade do Ras Geraldo em frente uma paróquia de um Santo cristão com o mesmo nome rs), bem na cabeça do minhocão, indo até a igreja da Consolação, bem ali na praça roosevelt, ponto de encontro de maconheiros.

O Ato abre a Quaresma Cannábica pela LIBERDADE do uso religioso da Cannabis que contará com vários atos e intervenções para mostrar o quão absurda é a condenação e pena de 14 anos de um grande líder rastafari como o Ras Geraldo, por utilizar a Cannabis em seus rituais .

Fiquem ligados que iremos divulgar todo o calendário da Quaresma Cannábica, bem como informações de como podem ajudar e/ou fazer parte dos atos.

O USO É SAGRADO, LIBERTEM RAS GERALDO!

Não deixem de assinar também a petição pela liberdade do Ras: https://www.avaaz.org/po/petition/Por_Liberdade_Religiosa_e_pela_libertacao_de_Ras_Geraldinho/

Fique por dentro do caso do Ras Geraldinho através do Dossiê Cannábico produzido pela ACUCA.
CLIQUE AQUI!