Aeroporto de Portland permitirá que passageiros embarquem carregando pequenas quantidades da erva. A mudança vem apenas uma semana depois da legalização no estado americano de Oregon em 1º de julho. As informações são do O Globo

O uso da maconha para fins recreativos se tornou legal no estado americano de Oregon no início do mês, e as instâncias começam a se adaptar à nova norma. O aeroporto da cidade de Portland agora permitirá que os passageiros com mais de 21 anos embarquem em voos carregando pequenas quantidades da droga, de acordo com uma rede filiada à CNN. A regra, no entanto, valerá apenas para voos dentro do estado. O transporte será proibido em voos para outros estados, mesmo para aqueles em que o consumo de cannabis também é legalizado.

Segundo a lei que passou a valer em 1º de julho, os cidadãos do estado de Oregon podem ter, em casa, até 200 gramas de maconha e cultivar até quatro pés da planta. Os residentes ainda podem transportar para fora de casa até 30 gramas da droga, mas é proibido fumar em público ou transportar a substância para fora do estado.

A nova regra, porém, não deixará a segurança do aeroporto de Portland mais leve. Como o governo federal é o responsável por escanear bagagens e revistar passageiros, e a maconha permanece ilegal aos seus olhos, os oficiais ainda serão obrigados a notificar o Departamento de Polícia de Portland, caso encontrem maconha em posse de algum passageiro. Se o viajante não tiver menos de 21 anos e a quantidade transportada estiver dentro do limite da lei estadual, a polícia liberará o morador de Oregon.