O movimento pela legalização da maconha ganha, a cada ano, mais destaque na Baixada Fluminense que, no último sábado (24), teve sua terceira Marcha da Maconha, realizada em Nova Iguaçu. Confira a cobertura feita pela Mídia Ninja deste belo evento que, mesmo com chuva, levou 500 pessoas as ruas em prol da regulação da maconha, conquistando sorrisos e acenos da população.

A regulamentação do uso da maconha no Brasil é urgente. Países como Uruguai, Estados Unidos, Países Baixos e Canadá já adotaram políticas de legalização ou de tolerância em relação aos usuário. O uso medicinal é uma das causas que mais sensibilizam a sociedade. Em Toronto e Buenos Aires atos históricos tiveram destaque internacional.

Nova Iguaçu, na região metropolitana do Rio de Janeiro, realizou sábado (24) sua terceira Marcha da Maconha. Mais de 500 pessoas saíram da praça de skate e percorreram o centro da cidade. MC’s locais e a banda da Marcha da Maconha do Rio de Janeiro também se apresentaram duranta a tarde. A disputa para chamar a atenção da opinião pública para a pauta na Baixada Fluminense é reflexo da ação de mobilização e conscientização crescente em todo país.

Mídia Ninja 03
Marcha da Maconha Nova Iguaçu – Foto: Ninja

A guerra ao tráfico, a violência na região metropolitana e a criminalização dos usuários é tema recorrente da Marcha da Maconha. O movimento que cresce cada vez mais pelo país ganhou destaque na Baixada Fluminense. Nos anos anteriores os organizadores receberam ameaças e foram noticiados na Promotoria de Justiça junto à Auditoria da Justiça Militar. Em 2014 o ato saiu às ruas e conquistou sorrisos e acenos da população.

Mídia Ninja 01
Marcha da Maconha Nova Iguaçu – Foto: Ninja

No Brasil, tramita na Câmara Federal o projeto de lei 7270/14, do deputado Jean Willys (PSol/RJ), que legaliza e regulamenta o consumo, a produção de cannabis, derivados e produtos.

A marcha que hoje reuniu centenas de pessoas tem sequência durante os próximos dias. Domingo (25) em Fortaleza (CE), Natal (RN), Aracaju (SE), Blumenal (SC), Curitiba (PR) e Santa Maria (RS). A agenda segue movimentada e até o fim mês ainda acontece em e Belo Horizonte (MG), João Pessoa (PB), Florianópolis (SC), Rio Grande (RS), Juiz de Fora (MG), Nova Friburgo (RJ).

Saiba mais: //marchadamacon​ha.org/

A Mídia NINJA seguem em campo. Acompanhe as próximas coberturas das Marchas da Maconha pelo país!