Primeira proposta popular de lei para regulação da Maconha recebe 20.000 assinaturas em tempo recorde, qualificando-se para ser apreciada no Senado 

Parabéns ao idealizador da proposta André Kiepper e a cada uma das 20 mil pessoas que contribuiu, em um curto período de três dias, apoiando a proposta de regulação dos usos recreativo, medicinal e industrial da maconha no Brasil, qualificando-a para ser apreciada no Senado.

Estima-se que mais de 1,5 milhão de brasileiros consomem maconha diariamente, segundo pesquisa de 2012 da Unifesp. E que, somente em SP, cerca de 8 milhões de pessoas experimentaram a erva pelo menos uma vez na vida.

O SmokeBud considera que os efeitos da Lei nº 11.343 de 2006, que criminaliza os cidadãos e transforma o país em um campo de guerra, são piores que os efeitos causados pelas próprias drogas.

O SmokeBud considera que o uso de drogas não se combate com armas, por isso defendemos que leis de regulação da maconha como as do Uruguai, Colorado e Washington sejam adotadas como modelos no Brasil.

O SmokeBud repudia qualquer tentativa de aprovação do PLC 37/2013 que tramita na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal.

Sua aprovação vai ser a repetição dos mesmos mecanismos de controle social e coerção dos últimos 100 anos no país; a repetição da velha Lei de Drogas que mata pobre todo dia na favela.

O SmokeBud pede que o Senado Federal aprove uma Lei de Drogas que seja uma Lei de Saúde Pública.

O SmokeBud pede que o Senado Federal aprove uma nova Lei que regule os usos recreativo, medicinal e industrial da maconha no Brasil.

Nós, 20 mil, votamos pela legalização da maconha no Brasil.

A luta não para, em breve mais uma ação em que exigiremos uma rápida mudança na velha e falha política de drogas. Vamos mostrar que queremos a IMEDIATA DESCRIMINALIZAÇÃO DO USUÁRIO DE DROGAS NO BRASIL.

Acesse e confira: https://www12.senado.gov.br/ecidadania/principalideia20k e-cidadania

  • Essa politica de caça as drogas é um tremendo fracasso, e todos sabem que se continuar o tráfico lucrará muito mais e destruirá várias famílias ainda…

  • a favor