A erva em questão não é a maconha, mas deixa os bichanos brisados.

Vemos comumente os maconheiros – donos de bichinhos de estimação – contando que os felinos os acompanham nos momentos 4i20 da vida, porém vale lembrar que nunca devemos dar qualquer substância a eles. Aproveitando a curiosidade, vale o confere no artigo publicado, na Hypeness, que mostra a erva certa para brisar o seu gatinho.

Nativa da Europa e Ásia, a erva do gato, ou Catnip, é da família das hortelãs e estimula o instinto predador de quase todos os felinos, inclusive leões, pumas, onças e panteras. Comum na América do Norte, a erva é inofensiva aos bichanos, que tentam comê-la – ação natural que reagem com o cheiro ao invés do sabor.

A reação acontece quando os felinos mordem, mastigam, esfregam ou rolam sobre a erva, que libera a essência das flores podendo deixar os animais agitados e em alerta por horas.Nas pessoas, este odor não causa nenhum efeito e pode ficar um pouco mais difícil de entender como que se dá este tipo de reação. É um comportamento comum a estes animais que confiam muito em seu olfato e podem desfrutar da viagem que a natureza lhes proporcionou.

Embora não se saiba exatamente o que acontece no cérebro dos gatos, médicos e cientistas afirmam que a substância química nepetalactone é o que desencadeia a brisa toda da erva. O efeito dura poucos minutos e os gatos logo se recompõem na instiga de quererem mais dessa erva que os tira do estado normal de vivência e os transporta para um universo paralelo e só deles.

2598483750_1149aeb8a4_b
Flor da “Catnip” brisando naturalmente os felinos desde sempre