Flórida tem o primeiro curso de Maconha Medicinal, com direito a “Professor da Cannabis”. Em novembro acontece uma votação popular para legalizar a substância para fins medicinais através de uma emenda constitucional.

“Vamos trazer este medicamento da escuridão para a luz”, disse Jeremy Bufford, o fundador da Medical Marijuana Tampa. “Nós estamos fazendo algo inovador, é educação orientada. Nós não estamos tentando montar uma loja onde venderemos drogas.”

Medicinal Marijuana Tampa Bay
Medical Marijuana Tampa: Divulgação do curso de maconha medicinal na Flórida.

Baseado na vitória dos defensores da maconha, a classe de Bufford prepara os alunos para a participação no processo de cultivo de maconha em escala industrial através de um curso de um mês que abrange vários temas, incluindo a história da cannabis, os fundamentos e as técnicas de cultivo hidropônico, de acordo com o programa de classe.

Por US$ 499, os alunos recebem instruções de vários especialistas sobre a maconha, incluindo o “Professor da Cannabis” Carlos Hermida. Bufford, que se descreve como um “não-fumante”, eventualmente planeja abrir cinco salas de aula em toda Baía de Tampa, 15 centros de tratamento e uma instalação de testes de laboratório em 2015.

“Estou montando uma equipe de confiança. Os mais inteligente, os melhores e mais brilhantes para liderarem a nossa organização no futuro”, disse Bufford. O site da organização já está buscando pessoas para preencher 15 posições, incluindo botânico, entregador e chef executivo.

Enquanto o cultivo e a posse de maconha medicinal não for descriminalizado, o curso de Bufford usará legumes durante as aulas até que a Cannabis seja legalizada.

“Você chega na sala de aula, liderada pelos professores da cannabis, e há aulas em estufas para aprender a cuidar dos seus próprios cultivos”, Bufford explicou. “É claro que estamos cientes que o cultivo de maconha ainda não é legal, por isso temos pimentas e tomates, que as pessoas possam se sentir confortável usando sistemas hidropônicos e aeroponia. Estamos os preparando para produzir um produto médico de qualidade, é muito mais complicado do que colocar uma semente na terra”.

Em 2012, agentes federais fecharam uma iniciativa semelhante da Universidade Oaksterdam, uma escola de formação de maconha medicinal em San Francisco, após uma incursão pela Receita Federal e o DEA descobriram grandes quantidades de maconha.

A medida que permite o uso da maconha medicinal na Flórida, servirá como um teste importante para estados do sul caso seja aprovada, também representa um ponto político controverso para o governador Rick Scott e seus adversários. Enquanto o governador se opõe à alteração, seus adversários democratas, o senador estadual Nan Rico e o ex-governador Charlie Crist, apoiam a medida.

Uma pesquisa da Universidade Quinnipiac em novembro, descobriu que 82 % dos eleitores da Flórida apoiam a legalização da maconha medicinal.

Tradução SmokeBud via Huffington Post