No último dia 26 foi realizada a Marcha da Maconha em São Paulo, um ato lúdico e pacífico, que reuniu 15 mil pessoas favoráveis à regulação da erva e o CQC foi conferir de perto.

O CQC resolveu entrar no debate sobre a legalização da Cannabis e foi até marcha da maconha na busca de especialistas, usuários, partidários contrários e até do ex-presidente FHC para ajudar a esclarecer o assunto. Por fim, Ronald Rios encontrou com uma mãe que conseguiu na Justiça o direito de usar um derivado da maconha, medicinalmente, em sua filha.

Aperte o play e confira