ONG norte-americana recomenda ao Brasil uma legalização total da maconha

Pioneira no ativismo a favor da legalização da maconha, a ONG norte-americana NORML sugere ao Brasil a legalização total da erva, sendo a única maneira do país ter controle sobre o mercado, potência da erva e limitar o acesso indevido aos jovens.

Por Léo Sativa*

Em conversa via email o diretor executivo da NORML, Allen St.Pierre, afirmou que sem dúvida a proibição da maconha é um fracasso sórdido tanto aqui como nos Estados Unidos e sugere uma legalização total da cannabis no país, que consequentemente deveria gerar o recolhimento de imposto sobre o comércio da erva que poderiam ser voltados a áreas importantes como, por exemplo, à saúde, educação e segurança.

Allen também revelou que a NORML não é afiliada a nenhum partido político, porém apoia candidatos e partidos que favorecem a legalização da maconha. A organização conta com um comitê (Political Action Comittee) que inclusive financia partidos e políticos que ajudam o trabalho da ONG.

Outra atitude que a NORML recomenda é o fomento de usuários responsáveis de maconha, o que a organização chama de Princípios do Uso Responsável da Cannabis. Para a NORML o usuário de maconha deve respeitar os não usuários, evitar dirigir e trabalhar sob o efeito da droga, não permitir o uso por menores de idade e evitar abusos no consumo. Saiba mais sobre a NORML no quadro no fim do texto.

Concluindo, é importante que o governo brasileiro estude e leve em consideração atitudes como as da NORML para que tenhamos nossa própria reforma nas leis de drogas, principalmente no caso da maconha. E nós, como defensores de uma mudança na lei, também devemos ajudar o nosso governo a se informar e fazer a melhor escolha dentro da possível legalização da maconha no Brasil.

SOBRE A NORML (EUA)

NORLM – National Organization for the Reform of Marijuana Laws (Organização Nacional para a Reforma das Leis da Maconha) é um grupo norte-americano de advocacia não governamental criado por Keith Stroup nos anos 70.

A NORML tem como objetivo mover a opinião pública para legalizar o uso adulto e responsável da maconha, além do uso médico e industrial.

A organização atua como defensora dos consumidores para assegurar o acesso à maconha de qualidade, com segurança e a preços justos. Atualmente 600 advogados estão envolvidos com a NORML.

Léo Sativa é um radialista formado em São Paulo que promove e produz informação relacionada à maconha no Brasil – [email protected]

Quer colaborar com o SmokeBud também? Veja aqui como colaborar!