Companhia aérea australiana pede desculpas depois de alertar passageiros, agradecidos, que estavam retornando de um festival de música para dispensarem drogas no vaso sanitário devido à inspeção de cães farejadores. As informações são da UOL.

“Nós fomos avisados de que há cães farejadores e policiais esperando no terminal doméstico. Se você precisar se desfazer de qualquer coisa que você não deveria ter, sugerimos que você use a descarga agora”.

Um grupo de passageiros correu para o banheiro de uma aeronave da companhia aérea australiana Jetstar depois que um de seus comissários de bordo alertou, durante o voo entre Gold Coast e Sydney – ambas cidades na costa leste da Austrália -, que haveria cães farejadores de drogas no aeroporto da cidade mais populosa do país.

A maioria dos 210 passageiros tinha participando do festival de música “Splendour in the Grass” no último final de semana.

14604156829_4d9ef95a95_b
Vista do palco no festival Splendour in the Grass

“Nós fomos avisados de que há cães farejadores e policiais esperando no terminal doméstico”, disse o comissário no sistema de som, segundo o jornal “The Daily Telegraph”. “Se você precisar se desfazer de qualquer coisa que você não deveria ter, sugerimos que você use a descarga agora”.

De acordo com o periódico, o aviso fez os passageiros correrem para os banheiros da aeronave.

O porta-voz da companhia Jetstar, Stephen Moynihan, confirmou as informações. Ele disse que o anúncio público aos passageiros foi “confuso”.

“As palavras escolhidas pelos membros da equipe foram mal escolhidas e estão claramente em desacordo com o nível profissional que esparamos do nosso time”, diz a companhia em nota. “Pedimos desculpas aos clientes ofendidos pelo aviso”.

Segundo a empresa, rotineiramente são feitos avisos do tipo em voos que atravessam fronteiras estaduais.