Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Americana havia confrontado jornalistas e negado consumo da substância. Yancy Medeiros também tem vitória revogada por exame positivo de doping

A causa do exame antidoping positivo da peso-galo feminino Jessica Eye no UFC 166 foi enfim confirmada nesta terça-feira. De acordo com documentos do Departamento de Regulamentação e Licenciamento do Texas, comissão atlética estadual que supervisionou o evento em outubro de 2013, a substância detectada no exame antidoping pré-luta de Eye foi canabinóides, compostos presentes na maconha, o que viola a legislação local para combates de MMA.

O resultado positivo para maconha havia sido noticiado pelo site “Bloody Elbow” durante a semana passada, e Eye negou veementemente, inclusive confrontando jornalistas através das redes sociais. A lutadora respondeu a uma pergunta direta sobre se havia sido flagrada por uso de maconha no podcast “The MMA Hour” e negou que tivesse consumido a droga. Além disso, ela havia declarado a vários meios de comunicação que iria apelar à revogação de sua vitória sobre Sarah Kaufman.

Todavia, o site americano “Fox Sports” obteve uma cópia do documento da comissão atlética texana explicando o caso. Além disso, os documentos indicam que Eye foi notificada do exame antidoping ainda em 26 de novembro, e ela assinou em 15 de janeiro deste ano um acordo para pagar uma multa de US$ 1.875 (cerca de R$ 4.500) e um ano de suspensão condicional, sob a qual deve enviar notificações de novos combates e resultados de exames antidoping à comissão texana. Isso não a impede de lutar no UFC 170, no próximo dia 22, em Las Vegas, contra Alexis Davis.

Após a divulgação do documento, Jessica Eye foi às redes sociais para emitir um pedido de desculpas público. Em imagem publicada no Instagram, declarou:

“Ninguém está mais decepcionada sobre isso do que eu… Eu recebo isso pessoalmente e me considero culpada.”

Também nesta terça-feira, foi revelado que o peso-leve Yancy Medeiros foi flagrado com metabólicos de maconha em seu organismo no exame antidoping após sua vitória sobre Yves Edwards no UFC: Fight For The Troops 3, também em novembro passado. De acordo com o site “MMA Junkie”, Medeiros recebeu uma suspensão de 90 dias, retroativa à data do combate, 6 de novembro, e terá de passar por um exame antidoping antes de ser liberado para lutar novamente. Sua vitória por nocaute foi revogada e transformada em “No Contest” (luta sem resultado).

Via Sportv

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here