Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Estimativas mostram que o setor já movimenta US$ 1,5 bilhão por ano e deve chegar a US$ 10,2 bilhões em cinco anos e atraí cada vez mais empreendedores.

É um mercado crescente, não se pode negar. Projeções da MMJ Business Daily, uma publicação que cobre a “indústria da maconha”, mostram que o faturamento anual do mercado de maconha legal pode estar entre US$ 4,5 bilhões e US$ 6 bilhões somente nos Estados Unidos até 2018. Muito mais do que os US$ 1,5 bilhão de 2013.

Outra estimativa, esta da ArcView Group, uma rede de investidores focada em negócios relacionados à cannabis sativa, mostra que o setor deve crescer 64% em 2014, movimentando US$ 2,3 bilhões, e chegar a surpreendentes US$ 10,2 bilhões em cinco anos.

São números distintos, mas ambos apontam para a mesma direção. E, apostando nisso estão empreendedores que montaram seus negócios para vender maconha legalmente. A GreenLink Collective, de Seattle, é um exemplo. Seus fundadores, o casal Jake e Lydia George, vendem produtos feitos com a erva para fins medicinais.

Outro exemplo é a Boulder Kind Care, do Colorado, que também oferece maconha para questões de saúde. O mercado no estado é tão promissor que o fundador da empresa, Jay Czarkowski, criou também uma consultoria que ajuda profissionais do setor a abrir seus próprios negócios.

Atualmente, 20 estados americanos permitem a maconha para uso medicinal. Alguns estão indo mais além. Colorado e Washington, por exemplo, já aprovaram o uso recreativo da erva.

Via Pequena Empresas & Grandes Negócios

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

Não há comentários ainda, seja o primeiro a comentar!