A chamada AusCann se aproveitou de território com um governo próprio para conseguir as terras e a licença de exportação para o Canadá. Segundo a Forbes, além de beneficiar os pacientes que receberão a erva medicinal sem problemas com a lei, a medida também vai movimentar a economia do local onde será plantada. Bom pra lá, bom pra cá…

Imagine como a vida de milhares de pacientes seria muito, mas muito mais fácil se eles pudessem receber sua maconha medicinal ou derivados de forma totalmente legal e pelo correio… Para a felicidade deles (e infelicidade de muito proibicionista por aí), uma empresa da Austrália está a poucos passos de se tornar a primeira do mundo a exportar erva para fins medicinais totalmente dentro da lei.

Como? Do jeitinho brasileiro – no caso, australiano: a chamada AusCann realizará todo o plantio em terras localizadas em Norfolk Island, um território independente e com leis próprias situado em a Austrália, Nova Zelândia e Nova Caledónia (Oceania). Isso garantiu a empresa um local para plantar sua maconha e, claro, a autorização necessária para levá-la para outros lugares do mundo, a começar pelo Canadá.

A primeira tonelada dos camarões australianos devem ser enviados ao outro continente em meados de maio de 2016 – já que a empresa pretende plantar as mudas ainda em novembro deste ano. Acha que é muita maconha? Em 2018, este número deve aumentar para incríveis 10 toneladas da verdinha.

Mas diz aí: não seria mais fácil plantar diretamente no Canadá? A resposta é “não”, pois as baixas temperaturas do país impossibilitam a produção da Sativa – espécie indicada para diversos tipos de tratamentos médicos. Além disso, a plantação e comercio da planta movimentarão bastante a economia de Norfolk Island, beneficiando ambos os países.

Apesar da marola positiva, há um pequeno medo no ar. Em 2014, os presidentes da empresa tentaram a mesma operação em outra companhia de nome TasCann. Mas, nada deu certo porque o governo australiano barrou tudo. Mas para os presidentes, é só bad trip: desta vez, há tudo para dar certo.

Estamos torcendo!