Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
A cada dia que passa as propriedades da maconha chamam mais atenção dos cientistas. Recentemente uma pesquisa publicada na revista Nature Medicine disse pequenas doses de THC (tetrahidrocanabinol) podem melhorar os déficits de aprendizagem e de memória relacionados ao envelhecimento.

A pesquisa foi conduzida por pesquisadores alemães e israelenses, e coordenada por Andreas Zimmer, diretor do Instituto de Psiquiatria Molecular da Universidade de Bonn, na Alemanha.

O estudo, que ainda está em fase inicial, foi feito com ratos de três idades distintas: de 2, 12 e 18 meses. Eles receberam durante 28 dias, baixas doses de THC, posteriormente eram avaliados os comportamentos neurocognitivos e padrões de expressão gênica.

Leia também:  Quem fuma maconha? Cabelo, unhas, pelos, dentes e até o suor podem responder a pergunta

O tratamento mostrou que ratos mais jovens tem o desempenho comportamental afetado quando se trata de tarefas cognitivas, no entanto a mesma experiência nos ratos adultos e idosos, se mostrou bem positiva quando se trata da capacidade de aprendizado e memorização.

Os cientistas explicam que o canabinoide THC se mostrou super positivo no  comportamento de animais mais velhos. Eles tiveram uma melhor restauração de padrões de expressão genética do hipocampo, a estrutura cerebral relacionada à memória.

Agora o próximo passo são os macacos!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here