Os eleitores do estado do Colorado (oeste dos Estados Unidos) aprovaram na terça-feira o nível de taxação ao uso recreativo da maconha, que foi aprovado em um referendo no ano passado.

Conhecida como Proposta AA, a medida tinha 65% de votos favoráveis e menos de 35% de votos contrários, após a apuração de 84% das urnas.

Desta forma, os eleitores do Colorado aprovam a criação de uma taxa de 15% sobre a venda no atacado de maconha e outra adicional de 10% sobre o preço no varejo.

A venda de maconha já está submetida a uma taxa estadual de de 2,9% e a um imposto local de 3,5% na capital do Colorado, Denver.

“A aprovação da Proposta AA completa o histórico processo de regular e taxar a maconha”, disse Brian Vicente, um dos líderes da campanha a favor dos impostos.

O projeto contempla destinar os recursos obtidos ao financiamento de escolas públicas e programas de atendimento a dependentes químicos.

Ao mesmo tempo exclui do pagamento de impostos a maconha vendida com fins medicinais.

Colorado e Washington se tornaram os primeiros estados, em novembro do ano passado, americanos a legalizar o consumo de maconha com fins recreativos.

Via Terra / AFP