Miguel Torres, que já foi campeão do WEC, teve que pagar fiança de US$ 1.500 para ser liberado

O lutador de MMA Miguel Torres foi preso no último fim de semana, em Indiana (EUA), por porte de maconha. De acordo o site “MMA Junkie” e de informações do departamento de polícia local, o atleta teve que pagar US$ 1.500 (cerca de R$ 3.300) de fiança para ser liberado.

Torres, de 32 anos, é dono de um cartel de 40 vitórias e seis derrotas, mas vem caindo muito de produção nos últimos anos. Em seus últimos oito combates ele sofreu cinco derrotas.. O mais recente foi para o brasileiro Marlon Moraes, em sua estreia no WSOF, em novembro do ano passado.

Torres também é ex-campeão peso-galo do extinto evento WEC (World Extreme Cagefighting) e chegou a fazer quatro lutas no UFC, onde venceu duas lutas e perdeu outras duas.

Via Yahoo! Esportes