Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Itália vai produzir maconha medicinal em um laboratório militar. O objetivo é distribuir a substância a custos mais baixos do que o atualmente cobrado no sistema de saúde nacional. O uso medicinal é permitido em território italiano desde 2007, mas os preços fizeram com que poucos pacientes, procurassem tratamentos a base da substância. Remédios devem estar à disposição da população em 2015. As informações são da ANSA.

As ministras italianas da Saúde, Beatrice Lorenzin, e da Defesa, Roberta Pinotti, deram seu aval para a produção de maconha para fins terapêuticos no Instituto Químico, Farmacêutico e Militar de Florença. O cultivo da erva ficará a cargo do Exército do país e a medida deve ser oficializada até o fim de setembro.

Leia também:  Primeiro dispensário em LA é fechado pela polícia

O local que terá as plantações nasceu com o objetivo de fabricar medicamentos para as Forças Armadas, mas hoje também possui atividades de escopo civil.

“A utilização desses fármacos é permitida no nosso país desde 2007. No entanto, ao longo de 2013, apenas algumas dezenas de pacientes puderam recorrer a eles”, disse Luigi Manconi, presidente da Comissão de Direitos Humanos do Senado.

Para usar medicamentos à base de maconha, as pessoas eram obrigadas a importá-los, em um processo bastante caro e demorado. A expectativa é que esses remédios estejam disponíveis nas farmácias italianas no ano que vem.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here