Você está lendo

Maconha para uso medicinal chega com força ao Brasil; Veja como foi a matéria do Fantástico

Enquanto a indústria se preparar para lançar medicamento à base da erva, vai ver que tem gente investindo no plantio e na produção caseira na matéria do Fantástico dessa noite (30/04/2017). Já passou mas fizemos o upload para você ver o que passou, abaixo!

Para muitas famílias, é o único alívio para doenças graves. O remédio, a solução, nas folhas de uma planta: maconha. A maconha para uso medicinal chega com força ao Brasil. Enquanto a indústria se preparar para lançar o primeiro medicamento à base da erva, você vai ver que tem gente investindo no plantio e na produção caseira.


Aproveite e se inscreva nosso canal no youtube!

Na pontinha… atualizado
Foi bom para ver com a família, mas sabia que a matéria ia concluir no “que a indústria farmacêutica irá ajudar” e como sempre “demonizar o efeito recreativo da planta” como já fizeram em outras ocasiões 😉 No entanto ficamos contentes com o fato de mostrar que tem mães plantando e mostrando que sim, é possível não comprar e plantar e também que há brasileiros peitando o preconceito para levar a maconha para ONGS, como a ABRACE. Mas há ainda muito a ser feito e tiro no pé como aquela tentativa da pesquisadora de relacionar a maconha e a cocaína que não tem sentido e só fez ela mesma passar vergonha.

Leia também:  Criminalização dos usuários, narcotráfico agradecido

No Brasil também já é possível encontrar ONGs, Associações e Médicos que já receitaram maconha em um aplicativo bem interessante, o BudMaps.

Conta aí:

Quanto tempo você acha que vai pra legalizar no Brasil?

Ver Respostas

Carregando ... Carregando ...

Jonas Rafael Rossatto

Tem 28 anos, é ativista, corinthiano, designer, estrategista de social mídia, palestrante, menino sem endereço que voltou ao Brasil só pra incomodar. É o idealizador e responsável pela tecnologia e design do portal e faz matérias especiais para as seções de Ativismo, Curiosidade e Cultura.
medico maconha

Comente

Escreva seu comentário