Você está lendo

Farmácias tchecas poderão vender até 30 gramas de maconha por mês

As farmácias na República Tcheca poderão vender, de acordo com uma nova regulamentação publicada pelo Ministério da Saúde, até 30 gramas de maconha por paciente adulto para fins terapêuticos.

O novo regulamento entrará em vigor oficialmente na próxima quinta-feira, disse Martin Plisek, Secretário de Estado da Saúde,  em conferência de imprensa em Praga.

“O regulamento estabelece tanto a indicação do paciente como dos profissionais que podem prescrever maconha por razões terapêuticas aos doentes. Será por prescrição eletrônica, ou seja, uma prescrição limitada”, disse o funcionário.

A prescrição eletrônica, que deve especificar a dose e modo de aplicação, será acessível à polícia, a fim de evitar o abuso e desvio de substâncias.

É esperado que a maconha esteja disponível na  farmácias a partir de setembro, sendo na primeira fase importadas da Holanda, disse o secretário de Estado.

Leia também:  Maconhabrás lança 3º boletim informativo online

O problema é que a grama de maconha holandesa custa 8 euros, de modo que a dose máxima chega a 240 euros, o que não é acessível para muitos bolsos, lembram alguns críticos.

A partir de abril de 2014, empresas tchecas podem cultivar sua própria maconha para uso terapêutico, com conteúdo padronizado de canabinóides THC e CBD, que é esperado para os preços mais baixos.

Os canabinóides THC e CBD são encontrados somente na cannabis indica e lhes são atribuídos propriedades sedativas e analgésicas.

Com este novo regulamento, a República Tcheca é o primeiro ex-país comunista que aprova o uso terapêutico de maconha para combater doenças, tais como dor crônica, magreza extrema causada pelo progresso de algumas doenças e polineuropatia em pacientes com AIDS.

Leia também:  3 Delicious Post-Holiday Detox Recipes, Courtesy of Personal Chef

Tradução: SmokeBud
Fonte: Diário Vasco

smkbd.com

Esse perfil atualiza e dá manutenção em posts da categoria Entretenimento. Caso você encontrou alguma falha em um link, avise por [email protected]
medico maconha

Comente

Escreva seu comentário