Ex-combatente da guerra às drogas, o ex-presidente confessa que ‘se rendeu à realidade’

Ex-combatente da guerra às drogas, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi convidado de honra do último Na Moral para discutir novas políticas de combate às drogas. FHC, que durante seus 8 anos de mandato intensificou essa guerra, contou no Na Moral que se rendeu.

“Me rendi à realidade. Quando estava na presidência, o problema já existia, mas não era tão disseminado. Muitos me perguntam: ‘mas por que só agora?’. Porque o ser humano é cheio de erro, se equivoca”

Falou abertamente o sociólogo, que atualmente é presidente da Comissão Global de Políticas sobre a Droga.

FHC também condenou a lei brasileira, em vigor desde 2006, que ainda diz que o usuário de drogas é criminoso.

“Esta lei tem que ser mudada já, não piorada, como está hoje em marcha no congresso o novo projeto de lei. É óbvio que o usuário não é criminoso. Em certos casos, ele é um paciente, mas não é um criminoso”.

Fonte: Globo.com / Na Moral
//goo.gl/xTyaX