Julian Marley, compôs a canção, chamada “Lemme Go”, na qual agradece ao governo da Jamaica por aprovar a descriminalização do consumo de maconha para fins medicinais, religiosos e de pesquisa e como será beneficente para os rastafáris, porque os “liberta”. As informações são do UOL

Julian Marley, filho de Bob Marley, compôs uma música na qual agradece ao governo da Jamaica por aprovar a descriminalização do consumo de maconha para fins medicinais, religiosos e de pesquisa.

A canção, chamada “Lemme Go”, que já foi divulgada no YouTube e em outras plataformas da internet, fala sobre como a mudança na Lei de Drogas Perigosas de 1948 é beneficente para os rastafáris, porque os “libertou”. Ouça abaixo.

O artista, que também se define como rastáfari, afirma na nova música que o cannabis é um “calmante para o estresse e um remédio natural” e que agora, com a descriminalização da posse de menos de 56 gramas, “todos vão amar a maconha, para alcançar o nirvana” e já “não haverá drama”.

“Lemme Go” foi produzida por Damian Marley, irmão de Julian, e deve estar no novo álbum do cantor, que será lançado no início de 2016.

O governo da Jamaica reconheceu em 2003 ao culto rastafári como religião, após uma sessão do Tribunal Constitucional na qual se advertiu que isso não significava a legalização da maconha, cujo consumo defende esse credo.

As mudanças legislativas aprovadas em fevereiro na Jamaica estipulam que não será mais crime consumir maconha em pequenas quantidades nem levar um máximo de 2 onças de “ganja”, termo criado pelos rastafáris para se referir à maconha, mas a pessoa será multada.

Além disso, seu consumo será totalmente legalizado para os que tiverem uma licença, que será concedida aos jamaicanos que demonstrarem interesses religiosos (reivindicados pelos rastafáris) ou medicinais. Para isso será criada a Autoridade de Permissões de Cannabis.