O deputado Estadual, Marcelo Freixo – que presidiu a primeira CPI das Milícias e que  também consultor de “Tropa de Elite 2”, de José Padilha deu uma entrevista ao jornal O Globo, sobre o caso Marielle a entrevista também contou com outras perguntas muito importantes, sobre rótulos e sobre como seria uma possível legalização da maconha e das drogas, outro ponto interessante ainda é sobre a série muito criticada que está no Netflix, o mecanismo.

Acredita que a legalização das drogas é o único jeito de acabar com a violência no Rio?

O Sou a favor da legalização, é um debate mundial. A pergunta é quem vai controlar o comércio: o estado ou o crime? O caminho não é simples. A questão é redução de danos e saúde pública. Achar que vai legalizar as drogas, no dia seguinte as favelas vão estar empregadas e não vai haver mais violência é uma ilusão. É decisivo para o Brasil a reformulação das polícias.

O Globo: Foi consultor de “Tropa de Elite 2”, de José Padilha. O que achou de “O mecanismo”?

Achar que Polícia Federal e Ministério Público estão fora de algum mecanismo é um erro primário. Pensar que a solução está fora da política é um risco para a democracia.

Ao fim, muito lúcido, ele diz: “Vamos ver o que sobra da democracia depois das próximas eleições”.

Veja a entrevista completa aqui!

Escreva seu comentário

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here