Você está lendo

Jardineiro fuma último baseado, antes de batida policial

Jardineiro não é traficante!
Durante uma operação da polícia de Poinciana, na Flórida (EUA), David Scott Shultz, de 32 anos, se recusou a abrir as portas para os policiais antes que terminasse de fumar um cigarro de maconha.

O escritório do xerife do condado de Polk tinha um mandado de busca e apreensão contra Shultz, que era acusado de cultivar a droga em casa para vendê-la, de acordo com a emissora “Bay News 9”.

Assim que os policiais chegaram com cães farejadores à residência de David, o americano se recusou a abrir a porta durante certo tempo.

Leia também:  Inalação de maconha pode reduzir os sintomas da doença de Parkinson

Depois que os detetives entraram e sentiram um forte cheiro da droga no local, Shultz se rendeu pacificamente e contou que só permitiu a entrada da equipe depois de terminar um cigarro de maconha.

Na casa, os oficiais encontraram mais de 190 plantas de maconha, além de equipamentos utilizados para cultivar a droga. O americano foi preso e levado para a cadeia do condado de Polk.

Não é só no Brasil, que um jardineiro ainda corre o risco de ser preso.
Jardineiro não é traficante, o cultivo caseiro é a solução!

Via: G1

Pontinha

SmokeBud é a sua referência sobre maconha no Brasil e no mundo. Aperte e fique por dentro do que acontece no Mundo da Maconha. http://www.smkbd.com
medico maconha

Comente

Escreva seu comentário