Segundo o estudo, depois da França, os países europeus com maior consumo de maconha entre os jovens são Dinamarca, República Tcheca e Espanha.

A maconha é a droga mais popular entre os jovens franceses entre 15 e 23 anos. Eles consomem a erva especialmente em festas de fim de semana. Segundo o estudo do Observatório Francês de Drogas e Toxicomania, 41% dos jovens com 17 anos de idade já fumaram maconha pelo menos uma vez. Mas apenas 5% dos entrevistados dizem ser dependentes da droga, a maioria de baixa renda, conforme informa o site RFI.

Na faixa etária entre 11 e 17 anos, um em cada 10 jovens consumiu a maconha no último mês, segundo o estudo. O consumo é ainda maior quando se trata de adolescentes de 13 anos: um quarto deles já fumou maconha.

Para o diretor do Observatório Francês de Drogas e Toxicomania, François Beck, o principal motivo para o grande consumo de maconha pela juventude francesa é a questão cultural. “Na França, a cannabis é presente em vários meios culturais, o que nós chamamos de transcultural. É um produto que encontrou seu lugar durante os anos 90 como produto transcultural. Nós temos um grande trabalho a fazer na prevenção, porque a maconha é vista como inofensiva pelos jovens e precisamos nos esforçar para mostrar a eles onde se situa a zona de perigo”, alerta Beck.

Para garantir o acesso à matéria-prima, uma prática que cresce aqui na França é o cultivo indoor da erva. Os usuários preparam uma espécie de horta, dentro de armários nos apartamentos. Em um metro quadrado, é possível cultivar até 5 pés da erva.

O porta-voz da Federação dos Coletivos de Informação e Pesquisa sobre a Maconha, Kshoo, defende que o cultivo em casa é a decisão mais segura para os usuários. “Dessa maneira ele evita o risco de comprar drogas de má qualidade, evita roubos ou violência na relação com o traficante, também não financia redes criminosas de tráfico e não corre o risco de ser preso pela polícia portando drogas”, aconselha Kshoo.

Ainda segundo a pesquisa, depois da França, os países europeus com maior consumo de maconha entre os jovens são Dinamarca, República Tcheca e Espanha.