Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Legalize Ja, Legalize Já…. Não, não estamos falando da música do Planet, nem do Walmart da maconha. Mas da história de amor, liberdades e persistência, entre Marcelo D2 e Skunk, que foi o que deu origem à banda Planet Hemp.

Foto: Marcos Ferreira / Brazil News

O filme foi apresentado por Marcelo D2, emocionado, posou para fotos oficiais e discursou aos jornalistas no tapete vermelho e no palco, pouco antes da exibição – que atrasou cerca de uma hora (não culpem a erva).

O nome também foi fruto de polêmica acerca do nome, às vésperas da exibição no Festival – na coluna de Lauro Jardim, no O Globo, os protagonistas Góes e Silva e os diretores Johnny Araújo e Gustavo Bonafé – afirmaram que a história era mais sobre o amor do que a maconha. O nome do filme anteriormente, segundo o IMDB, seria “Anjos da Lapa” e agora, no lançamento oficial, ganhou um título mais com a cara da banda.

Leia também:  Marcelo D2 de Graça no Rio de Janeiro !

Em declaração ao portal Uol, Araújo disse que:
“‘Legalize Já!’ é muito poderoso. O Marcelo carregou essa bandeira da liberdade de expressão por muito tempo. O filme não é só sobre maconha, esse é um filme de ficção, uma história de amor. ‘Legalize Já!’ é sobre o seu direito de cidadão de se vestir do jeito que você quiser, de assumir sua homossexualidade, de falar o que você pensa”, afirma o cineasta.

O filme deverá estar nas cidades no mês de Novembro, se liga no cartaz!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here