Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
O uso de derivados da maconha para tratar doenças é uma realidade cada vez mais comum em várias partes do mundo. No Brasil, o canabidiol foi aprovado, mas os custos de importação dificulta o acesso de quem precisa da medicação.

Deborah Rosa, 20 anos, sofre com a síndrome de Dravet e necessita do Cannabidiol. Patrícia Rosa, mãe de Deborah, uma das 200 pessoas que obteve o direito de tratamento sob prescrição, confirma os benefícios do uso do derivado da maconha como a melhora no sono e a redução das crises que antes eram de 15 a 45 por mês, reduzindo para 7 após o começo do tratamento. Mas o suplemento é caro, podendo chegar até 1.800 dólares ao mês, o que em algum momento pode inviabilizar o tratamento.

Patrícia Rosa foi a porta voz das mães e pacientes com epilepsia de difícil controle na última audiência pública da #SUG8.


Esperança ainda distante por afpportugues

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here