Animais de estimação são tratados com cannabis medicinal contra efeitos colaterais da quimioterapia e outros problemas de saúde, mas tema causa controvérsia

Donos de animais de estimação nos Estados Unidos começam a usar canabis medicinal para tratar seus bichos doentes.

Uma cadela submetida a quimioterapia para combater um câncer linfático foi tratada com maconha e ficou famosa ao aparecer em uma reportagem da rede CBS.

O dono ministrou à cachorra um concentrado de maconha sob forma oleosa e constatou grande melhora em efeitos colaterais da quimioterapia, como o vômito e a diarreia.

A reportagem cita outros casos bem-sucedidos de tratamentos de animais doentes que mostram que muitos proprietários fazem qualquer sacrifício para poupar seus animais de estimação de sofrimento.

Leia também Cães Chapados, cada vez mais cães consomem maconha nos EUA

Polêmica. “Quando você vê o animal curtindo a vida apesar de estar doente, você se sente melhor”, comenta a dona da cadela que foi tratada com óleo de canabis durante a quimioterapia.

Darlene Arden, veterinária especialista em comportamento animal, é uma grande defensora do uso da maconha medicinal em animais de estimação.

“Acho que agora podemos ver a maconha com a sua melhor função, não como uma droga de rua, mas como um medicamento legítimo a ser utilizado sob supervisão adequada”, disse ela .

A médica veterinária Amy Greenbaum, do hospital veterinário de nova York ASPCA, disse que não existem dados suficientes que permitam saber como a maconha pode ser utilizada de forma eficaz. “Temos muitas boas modalidades para tratar a dor usando vários medicamentos e terapias diferentes”, disse ela, cautelosa com o tratamento baseado em maconha.

No entanto, alguns donos de cães sentem que a maconha pode ser uma opção mais segura. Mary Lynn Mathre, dona de um cão golden retriever de 13 anos de idade, disse que quando o animal foi diagnosticado com câncer ela administrou uma dose diária de cannabis para todos os seus animais de estimação.

“Normalmente, para os cães com câncer, a manteiga feita a partir das folhas da planta pode ser colocada em biscoitos ou na ração na hora de dormir”, disse ela .

cachorros maconha cães 01
Cão com câncer recebe maconha no biscoito para atenuar efeitos da quimioterapia

Mathre disse que a maconha medicinal ajudou com o câncer e também foi eficaz no tratamento de uma inflamação na perna de outro cão.

Al Byrne, outro proprietário, disse que também usou maconha medicinal em seus cães e ficou impressionado com os resultados. “Nossos três cães com idade de três a treze anos melhoraram notavelmente”, disse ele.

Até que haja um estudo formal sobre a eficácia da maconha medicinal em animais de estimação, os especialistas aconselham cautela.

“Mais comovente do que ver seu animal de estimação sofrer seria saber que talvez você deu o seu animal de estimação algo que os deixou viaciados ou provocou a sua morte, e isso não é apenas um risco que eu gostaria de poder evitar”, declarou a médica Amy Greenbaum.

Via Estadão