Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Apesar do grande apelo das estrelas internacionais, os mineiros do Skank conseguiram tirar o público do chão no Rock in Rio. Ao tocarem uma sequência de sucessos, empolgaram a abertura do palco Mundo. O show dos mineiros também foi marcado por mensagens políticas. Hino da onda de manifestações vividas no país em junho e julho, “Vem pra rua vem!” abriu a música Partida de futebol.

“Maconha é proibido, mas fazer mensalão de novo pode”

Samuel Rosa, vocalista da banda, levantou a bandeira da legalização da maconha durante a música “É proibido fumar”, clássico de Roberto e Erasmo Carlos. “Maconha é proibido, mas fazer mensalão de novo pode”, disse Rosa, em referência à decisão, na última quarta-feira, do Supremo Tribunal Federal de aceitar os recursos dos condenados pelo escândalo do Mensalão. No palco Sunset o tom político também se fez presente na reunião do sambista da Mangueira Ivo Meirelles com as cantoras Elba Ramalho e Fernanda Abreu.

30 anos de Rock in Rio

Em 2015 o Rock in Rio voltará ao Rio de Janeiro e chegará aos Estados Unidos, em Las Vegas. A informação foi confirmada pelo criador do festival, Roberto Medina, em coletiva de imprensa concedida neste sábado.

Para comemorar os 30 anos do festival – realizado pela primeira vez em 1985 – Medina disse querer também levar o festival a outra cidade da América Latina. Medina confirmou também que em 2014 o Rock in Rio voltará a Lisboa, onde já foi realizado cinco vezes.

O Rock in Rio começou em 13 de setembro e terminará neste domingo com as apresentações de Avenged Sevenfold e Iron Maiden. Em todas suas edições, o festival já teve mais de 28 milhões de espectadores.

Via: Zero Hora

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

Não há comentários ainda, seja o primeiro a comentar!