Unifesp cria o Maconhabras, grupo de estudos sobre a maconha. As informações são do Almanaque das Drogas.

A Universidade Federal de São Paulo criou um grupo de estudo multidisciplinar para analisar e discutir novidades sobre a maconha, liderado pelo pesquisador Elisaldo Carlini, pioneiro em pesquisas sobre Cannabis sativa no Brasil.

O grupo vai publicar regularmente boletins. O de estreia traz textos sobre os riscos da droga para a função pulmonar, sobre a regulamentação do comércio no Uruguai e sobre a história do proibicionismo na medicina.

O comunicado sobre o lançamento do grupo frisa que a escolha do nome Maconhabras não é um deboche ou ironia às deselegantes atitudes que procuram desmerecer os estudiosos sobre a maconha.

O termo foi usado pejorativamente pelo psiquiatra Ronaldo Laranjeira, em um artigo de 2010, para dizer que a Secretaria Nacional de Drogas não deveria criar uma agência de pesquisas sobre maconha medicinal.

Faça o download da primeira edição do Boletim Maconhabras: Maconhabras_Boletim#1.

Leia abaixo a íntegra do comunicado.

CEBRID cria grupo de estudos sobre Cannabis sativa L. (maconha)

O CEBRID tem notado que o número de trabalhos científicos/artigos sobre maconha tem aumentado de maneira acentuada nos últimos tempos. E é sempre a mesma coisa: artigos a favor; artigos contra; não importando o tópico com o qual a planta é encarada. Acima de tudo, percebe-se um viés ideológico que obscurece a realidade sobre a maconha.

Assim, criamos um grupo multidisciplinar formado por pesquisadores do CEBRID e de outras instituições, visando analisar e discutir diferentes aspectos sobre esta temática. Ficou então constituído um grupo de estudos denominado“Maconhabras”.

Este nome veio da lembrança de importantes instituições brasileiras que honram o país, como: Petrobras, Eletrobras, Biobras, Radiobras, entre outras. Não se trata, portanto, de deboche ou ironia às deselegantes atitudes que procuram desmerecer os estudiosos sobre a maconha, em número cada vez maior no Brasil.

Como parte de suas atividades, o grupo publicará boletins sobre diferentes assuntos envolvendo as discussões sobre a maconha, especialmente a respeito de suas propriedades medicinais.

Desfrute da primeira edição do nosso boletim!

Grupo Maconhabras
E. A. Carlini, Lucas Maia, Paulo Mattos, Rafael Zanatto e Renato Filev.

1454706_634411859943943_1810923112_n

Via Almanaque das Drogas

Acesse a FanPage Maconhabras