O Painel do Leitor perguntou nesta semana se os leitores acham que a legalização da maconha no Uruguai pode influenciar a legislação sobre a droga no Brasil?

Para 71%, a experiência de controle do Estado sobre a produção e venda da maconha, como propõe o governo uruguaio, mostrará que a proibição não é o melhor caminho para controlar o uso da droga. O atual modelo de enfrentamento só favorece o crime organizado e gera violência.

71 porcento favoráveis a legalização

Para 29%, a legalização deve levar a um aumento do uso da maconha no Uruguai, especialmente entre os jovens, com efeitos incertos à saúde dos usuários. O país ainda corre o risco de se tornar um exportador de maconha para a região, sem acabar com o tráfico de outros entorpecentes.

Ao todo, 326 leitores votaram na enquete.

Qual é a sua opinião? Comente abaixo!

Via Painel do Leitor / Folha de S.Paulo

  • Johnatan lopes

    Olha, se realmente o nosso governo legalizar a produção e o uso da maconha, vai com certeza mudar muita coisa, tipo: tráfico, violência, escândalos e entre outros, vai gerar muita polêmica sim, muitos na sociedade não vão aceitar, mais se todos verem as coisas pelo lado bom, tudo pode mudar. Essa é minha opinião sobre a legalização da maconha!

  • Dave Coutinho

    Tem mais que regulamentar!
    Afinal da forma que vem sendo feita não resolveu em nada, só piorou, o que não podemos é continuar com esta política errônea e louca que criminaliza um líder, por que cultivava e utilizava maconha para fins religiosos e aposenta um Juiz safado e vendido que favoreceu ao tráfico…

  • Danilo santana

    Na minha opinião deve sim ser legalizado o consumo de maconha no brasil, primeiro que iríamos diminuir creio eu que pelo menos 20% do faturamento do tráfico e acredito também que vai diminuir muito o consumo de bebidas alcoólicas, e por incrível que parece, isso leva a dificultar mais a legalização, pois os chefes do narcotráfico são políticos muito influentes no nosso país.

  • isabela simplicio

    Sem desrespeitar ninguém , mas a melhor forma de se regulamentar e mudar alguma coisa nessa situação seria a descriminilização e não a legalização.
    O simples fato de se descriminar o cultivo , uso medicinal e uso recreativo , ajudaria e muito os usuarios da planta sem prejudicar os demais , até porque não precisamos que legalize mais sim que deixa de ser visto por lei com um ato criminoso , para assim podermos viver e fazer uso da mesma em paz. Ee nós não sabemos o estado clinico mental de todos os cidadãos do Brasil , (também não sabemos se o método de distribuição será o mesmo do Uruguai , então vamos pensar que a distribuição seja a mesma que a do tabaco ”vamos só pensar” (sim e eu sei que só será permitida a venda para maiores de 18 ou 20 anos) mas o que eu mais vejo são menores de idade com um cigarro de tabaco na mão (como se explica isso). Como todos sabem a planta age diferentemente dentro de cada organismo, as vezes podendo piorar o estado mental de pessoas que já tenham essa predisposição , então vamos parar e pensar em um jeito de usufruirmos dessa dadiva de deus sem prejudicar ninguém. (Minha Simples Opinião Descriminar Sim , Legalizar Não) COM TODO O REPEITO AOS COMENTARIOS ACIMA 😉