Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foi da maresia de Ipanema, da nossa marola, que essa onda aumentou e se espalhou por todo o Brasil, transformando as Marchas da Maconha num dos eventos políticos mais importantes desse país maravilhoso. Por isso não tenha vergonha: 9 de maio, venha pra Marcha da Maconha!

Sem perder de vista que a planta é nossa, comum e obra da natureza, não vamos permitir nem que o mercado nem que o Estado se apropriem dela. Sabemos que essa guerra às drogas é uma farsa, é a guerra aos pobres, assassinados nos morros, vielas e torturados nos campos de concentração penitenciários da cidade maravilhosa. Senhoras são punidas nessa guerra racista, onde mães negras são submetidas a todo tipo de discriminação quando vão visitar seus filhos nas cadeias.

Fincamos nossa raízes na vitória no Supremo Tribunal Federal por 9 votos de Ministros do STF favoráveis e nenhum contra. A Suprema Corte do Brasil reconheceu que a Marcha da Maconha é garantida pela Constituição Federal. Foi da maresia de Ipanema, da nossa marola, que essa onda aumentou e se espalhou por todo o Brasil, transformando as Marchas da Maconha num dos eventos políticos mais importantes desse país maravilhoso. Com tanta terra, sol e água, nossa luta é para que nossas sementes da paz se espalhem por essa sociedade violentamente desigual. Sem tirar o pé do chão, sabemos que vivemos um momento de avanço de mentes tenebrosas, que tiram a liberdade de plantadores de flores das plantas fêmeas, quanta covardia! No meio dessa fumaça, temos o Recurso Extraordinário nº 635659, travado no STF desde 11 de março de 2011, com o Ministro Gilmar Mendes. Se fizermos o Ministro votar e rolar o processo, podemos descriminalizar o consumo de maconha e de todas as substâncias proibidas no Brasil. O que está em questão são as garantias fundamentais da privacidade, individualidade, liberdade e domicílio, não aguentamos mais esse Estado hipócrita e moralista se metendo em nossas vidas.

Vivemos um momento preocupante no Brasil, onde somos forçados a ficar de um lado ou do outro. O binarismo burro não pode dominar a vida política do país. O pensamento a favor de direitos civis e políticos, por exemplo, é colocado do lado contrário de direitos sociais e econômicos e vice-versa. A dialética morreu. A fome de comer e fumar maconha precisa se encontrar na construção de uma sociedade livre, justa e solidária. De nada adianta defender a legalização da maconha e ser a favor da redução da maioridade penal. Pense nisso e não tenha vergonha: 9 de maio, vem pra Marcha da Maconha!

Acesse e confirme presença: https:https://www.facebook.com/events/891492887567780/

Foto de Capa Mídia Ninja

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here