Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Pesquisa revela que apoio esmagador à maconha medicinal é registrado em todas as faixas etárias, tanto em democratas quanto em republicanos. As informações são da Yahoo!

Uma ampla maioria dos eleitores da Flórida apoia a legalização da maconha com fins medicinais, segundo uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira, a menos de quatro meses de um referendo sobre o tema neste estado do sudeste dos Estados Unidos.

No estado, 88% dos eleitores são favoráveis a permitir a venda de maconha para o tratamento de doenças e 10% são contrários, revelou a pesquisa feita pela Universidade de Quinnipiac.

Leia também:  Ajude a contar 70 anos de história sobre a maconha

Uma maioria (55%) ainda é favorável a permitir a posse de pequenas quantidades de maconha para uso recreativo contra 41%, segundo pesquisa realizada com 1.251 eleitores entre 17 e 21 de julho, com uma margem de erro de 2,8%, para mais ou para menos.

Os eleitores do estado decidirão, em uma consulta em novembro, se aprovam ou rejeitam a legalização da maconha com fins medicinais.

O Parlamento do estado aprovou em maio o uso de um certo tipo de maconha, conhecida como “Charlotte’s web”, que contém um grau mínimo da principal substância ativa, para o tratamento de um número reduzido de doenças, principalmente epilepsia e câncer.

Leia também:  Regulamentação da maconha no Uruguai corre risco em eleição

O apoio esmagador à maconha medicinal é registrado em todas as faixas etárias, tanto em democratas quanto em republicanos, acrescentou o estudo.

O uso medicinal da maconha é permitido em 23 dos 50 estados americanos, além da capital, enquanto Colorado e Washington autorizaram este ano o consumo de canabis com fins recreativos.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here