Para o presidente norte-americano, legalização da maconha não é a fórmula mágica para combater o tráfico de drogas. Além disso, ele ressaltou que não acredita que o Congresso norte-americano vá modificar as atuais regras sobre a planta. As informações são da ANSA.

Em visita à Jamaica, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse nesta quinta-feira (9) que legalizar a maconha não é uma “fórmula mágica” para combater o tráfico de drogas.

A declaração foi dada em resposta a uma pergunta feita por um jovem durante encontro com estudantes no país caribenho. “Não é a fórmula mágica porque, se legalizarmos a maconha, como vamos lidar com as outras drogas?”, questionou o mandatário.

Além disso, ele ressaltou que não acredita que o Congresso norte-americano vá modificar as atuais regras sobre a planta.

Obama ainda destacou que os EUA devem fazer mais para reduzir a demanda pela erva e que as nações da América Latina e do Caribe precisam reforçar a luta contra os cartéis de drogas.

A passagem pela Jamaica foi uma escala do presidente antes de chegar ao Panamá, onde participa nesta sexta-feira (10) da Cúpula das Américas, durante a qual deve se reunir com Dilma Rousseff e Raúl Castro.