Comentário foi feito durante a entrevista realizada com o Senador Cristovam Buarque, feita pela Agência Senado e que discorre sobre o tema da liberação da maconha no Brasil. No bate-papo, senador explora pontos como a regulamentação, a maconha como porta de entrada para outras drogas, problemas de dependência e até como encara a ideia de ser “o senador que liberou a ganja”.

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) tem nas mãos o que considera um “abacaxi muito grande”. Ele é o relator encarregado de dar parecer sobre a proposta popular que pede a regulação da maconha para uso medicinal, recreativo e industrial no Brasil. Cristovam afirma ainda não ter uma posição em relação ao assunto, mas teme entrar para a história como o senador que liberou a droga.

Veja trechos da entrevista concedida à repórter Milena Galdino, da Agência Senado.

Aperte e leia a entrevista na íntegra Cristovam: Legislativo não pode mais fugir da discussão sobre legalização da maconha