Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Novas estatísticas mostram que, enquanto o consumo de cocaína caiu pela metade nos Estados Unidos, o uso da maconha aumentou. Segundo pesquisadores o crescimento está relacionado a substituição no uso de drogas mais pesadas pela maconha. As informações são da HypeScience

Sim, de acordo com um novo estudo norte-americano. Pesquisadores do grupo RAND Drug Policy Research Center, nos Estados Unidos, afirmam que o uso crescente da maconha está diretamente relacionado à diminuição do consumo de outras drogas bem mais pesadas, como cocaína e metanfetamina, que tem efeitos devastadores e podem levar à morte.

O consumo de cocaína e metanfetamina aumentou durante a primeira metade da última década nos Estados Unidos, e caiu na segunda metade. Durante o último período, o uso da maconha aumentou significativamente, de acordo com dados do novo levantamento feito pelo Escritório de Política Nacional de Controle de Drogas da Casa Branca.

O relatório mostrou que, entre 2006 e 2010, o consumo da maconha aumentou em 30% entre os americanos, enquanto o consumo de cocaína caiu pela metade. O uso de metanfetamina aumentou drasticamente durante a primeira metade da década e, em seguida, diminuiu, embora não haja informações suficientes para estimar o uso da droga nos últimos anos. O consumo de heroína permaneceu relativamente estável durante toda a década.

Como o estudo só gerou estimativas até 2010, ainda não há dados sobre o consumo de heroína – que parece estar aumentando nos Estados Unidos –, nem as consequências da legalização da maconha nos estados de Colorado e Washington.

O aumento no uso da maconha parece estar relacionado com o aumento do número de pessoas que relatou consumir a substância diariamente – ou quase todos os dias. [MedicalXpress/Science 2.0]

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here