Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

MONTEVIDÉU – O projeto de lei sobre a legalização da maconha divide os uruguaios. Depois de votado na Câmara dos Deputados, ele seguirá para o Senado. A seguir, os principais pontos:

Projeto para produção de maconha pelo Estado: ideia ainda divide uruguaios Mônica Imbuzeiro/3-9-2012
Foto :Mônica Imbuzeiro

VENDA: O projeto de lei permite a compra de até 40 gramas mensais de maconha na rede de farmácias. Para poder comprar, o consumidor deve estar registrado. Sua identificação, no entanto, será mantida sob sigilo, de acordo com a lei de proteção de dados.

CULTIVO PRÓPRIO: O texto permite e regula o cultivo pessoal de até seis pés de cannabis por casa, e a produção coletiva em clubes integrados no mínimo por 15 e no máximo por 45 sócios.

USO MEDICINAL: Um dos objetivos é autorizar a produção para fins de pesquisa científica e de uso medicinal. Também prevê a permissão da cannabis não psicoativa, conhecida como cânhamo industrial.

PROIBIÇÃO: Como no caso do cigarro, não será permitido fumar maconha em espaços públicos fechados, tampouco dirigir sob o efeito da droga. Também se proíbe qualquer publicidade sobre a substância.

 Fonte: O Globo

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here