Rabino Israelense Efraim Zalmanovich considera Maconha Medicinal Kosher*.

Efraim Zalmanovich é um importante rabino israelense ortodoxo, da cidade israelense de Mazkeret Batia, que recentemente declarou que a distribuição e uso da maconha deve ser considerado “Kosher”, desde que seja para fins medicinais.

Em sua declaração, Zalmanovich disse que um Judeu religioso pode usar maconha se for prescrito para fins medicinais.

O uso recreativo é uma outra questão, de acordo com Zalmanovich.

“Usar drogas para escapar deste mundo de qualquer maneira excessiva é certamente proibido” disse o Rabino.

Os comentários de Zalmanovich, não é o primeiro feito por um líder religioso judeu sobre a substância, assim relata o Jornal “The Times of Israel”

Enquanto a maconha é ilegal sob a lei israelense, o ministério da saúde do país emitiu algumas licenças de maconha medicinal para alguns pacientes. Autoridades dizem que o número de pessoas previstas no programa atingiu cerca de 11 mil pacientes, para tratar pelo menos 30 doenças. Israel é o país que mais prescreve maconha medicinal, per capita do que qualquer outro país europeu, logo está havendo um aceleramento no processo de cadastramento. Os ativistas estão pressionando por uma maior aceitação, já que a nação faz passos ousados na pesquisa científica envolvendo a Maconha.

* Kosher é Aquilo que é feito da forma correta, recomendada e politicamente correta, dentro da doutrina judaica. No caso do produto não possuir o selo Kosher os judeus não consomem.

Tradução: SmokeBud
Via, Huff Post