Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Estudo mostra que largar o vício em grupo é mais fácil

Quem diria que algum dia, parar de fumar, seria uma tarefa em grupo e tendo a internet como facilitador. Assim dizem os pesquisadores que publicaram recentemente um estudo, no “Journal Of Communication” mostrando que é mais fácil largar o cigarro em grupo que individualmente. Logo aqueles que se engajavam em grupos de ajuda, via redes sociais, tinham mais facilidade de superar o período de desintoxicação e abstinência.

Joe Phua, da Universidade de Geórgia, nos Estados Unidos, acompanhou sites de redes sociais de saúde que focavam na interrupção do vício pelo tabaco. Ele descobriu que os membros começavam a construir um senso de comunidade, a se identificar mais fortemente com outros membros, recebiam e davam mais ajuda uns aos outros.

Estes resultados mostram que, em redes sociais, os participantes podem construir uma forte inter-relação social com outras pessoas que têm o mesmo problema. Isso pode ajudar os usuários a alcançar suas metas de saúde em um curto período de tempo, sem ter que passar por grupos mais tradicionais de apoio, como os presenciais. Estes grupos são frequentemente caros e exigem muito mais esforço para participar.

– Este estudo ajuda ainda mais a noção de que sites de redes sociais e outras formas de mídia social podem ajudar as pessoas a melhorar as suas condições de saúde – disse Phua.

A informação é via Jornal O Globo e os Buddies, quem conseguiu largar o vício pela nicotina com ajuda de algum grupo? Conte-nos como foi.

Lembrando que o Tabagismo é prejudicial a saúde, evite o máximo possível, o verdadeiro cigarrinho do capeta, diferente da maconha, o cigarro vem recheado com mais de 4.700 substâncias tóxicas e nicotina que causa dependência física ou psíquica, sem ter níveis seguros de consumo.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

Não há comentários ainda, seja o primeiro a comentar!