Depois de fechar o mercado negro digital, Silk Road, e prender seu suposto proprietário, a polícia está agora atrás dos usuários do site. A polícia prendeu um homem em Washington, acusado de ser um dos maiores vendedores do SilkRoad, bem como quatro usuários no Reino Unido. Dois homens suecos , também teriam sido presos por vender maconha no SilkRoad.

Não está claro em que grau as apreensões estão relacionadas à queda do SilkRoad, mas provavelmente não se trata de uma mera coincidência. Estas são as primeiras prisões conhecidas dos usuários da SilkRoad. O número global de usuários presos devido ao seu envolvimento com SilkRoad é relativamente baixo, considerando que o site realizou mais de $ 1,2 Bilhões em transações, segundo o FBI.

A prisão de Steven Sadler de Washington, foi realizado após as autoridades interceptarem pacotes contendo drogas e dinheiro. Os policiais rastrearam as drogas até Sadler e a sua namorada, com a cooperação de um dos compradores. Detalhes sobre as prisões no Reino Unido e na Suécia são escassos, e ainda não se sabe se foi usado dados de investigações do FBI.

Estas são as primeiras detenções conhecidas de usuários do SilkRoad.

drug_for_sale_2
FBI obteve acesso ao servidor do Silk Road, e todos os dados contidos estão em seu poder.

Foi concedido ao investigadores, acesso ao servidor do SilkRoad, ou seja, a polícia tem um monte de dados sobre transações e mensagens privadas. Usuários mais cautelosos teriam criptografados suas mensagens, o que torna mais difícil o trabalho dos investigadores, mas nem todos eram tão cuidadoso. O fechamento do SilkRoad pode gerar um efeito de prisões exponencial por meses, caso as autoridades utilizem os dados para processar vendedores e usuários cadastrados no falecido SilkRoad.

Tradução SmokeBud, via The Verge UK

  • Erik Reis

    “Não chame o porco de policial, nao insulte o pobre animal.”