Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Um agente da polícia real do Canadá (GRC) que sofre de estresse pós-traumático provocou polêmica nesta quinta-feira ao solicitar permissão para consumir maconha durante o serviço.

O cabo Ronald Francis declarou à imprensa que obteve autorização para fumar maconha como tratamento, mas que seus superiores rejeitam a “terapia” durante seu horário de serviço, por temer danos à imagem da polícia.

Francis trabalha em New-Brunswick e a TV canadense mostrou um vídeo recente no qual ele fuma maconha do lado de fora de uma unidade da polícia.

Confira a matéria exibida pela CBC NEWS

O ministro canadense da Justiça, Peter MacKay, afirmou que aceitar o pedido seria um “péssimo exemplo para os canadenses”.

Francis revelou à TV que fumar maconha lhe permite aliviar os sintomas do estresse pós-traumático, o que antes fazia com antidepressivos.

“Estou operacional, meu sistema nervoso está relaxado e isto faz uma grande diferença”, disse o policial sobre o tratamento.

O subcomissário Gilles Moreau admitiu que a polícia deve levar em conta as necessidades médicas de seus homens, mas “em nenhum caso um agente pode ser autorizado a fumar maconha vestindo o uniforme”. “É algo que certamente não vamos permitir ou tolerar”.

Francis foi transferido para trabalhos administrativos e não porta mais arma.

Via CBC NEWS / AFP / Uol

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

pessoas


Curte nossa nova página no Facebook

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here