Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Proposta do Bloco de Esquerda prevê legalização de clubes de cultivo, que poderão ser frequentados por maiores de idade. Instalações deverão estar a mais de 300 metros de estabelecimentos de ensino. As informações são da DN Portugal.

O Parlamento de Portugal aprovou por unanimidade a medida que pode legalizar o cultivo de maconha para consumo pessoal e institui associações sócios culturais dedicadas à pratica.

Segundo o texto do projeto de lei, os referidos clubes canábicos poderão apenas ser frequentados somente por maiores de idade e associados. Os ‘clubes sociais de canábis’ são associações de consumidores sem fins lucrativos e já existem na Espanha, Bélgica, Suíça e Uruguai. Nas instalações, que deverão estar a mais de 300 metros dos estabelecimentos de ensino, são proibidos o consumo e a venda de bebidas alcoólicas, assim como a prática de jogos.

Leia também:  Regulamentação Responsável: Uruguai prepara agentes para controlar uso de maconha ao volante

Acesse e confira como é a proposta dos clubes sociais de canábis para consumo pessoal.

Bê-á-bá dos Clubes Sociais de CanábisOs clubes sociais de canábis são associações de consumidores sem fins lucrativos e já existem em Espanha, Bélgica, Suíça e Uruguai. Por proposta do Bloco, o parlamento discute esta semana a sua criação em Portugal. Vê aqui como funcionam.

Posted by Esquerda Net on Quarta, 22 de abril de 2015

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here