A banda Aerosmith foi recebida nesta quarta-feira (9) na sede do governo uruguaio pelo presidente José Mujica, e o chamou de “exemplo poderoso” e de “um dos melhores presidentes da América”, segundo um comunicado divulgado na página da Presidência do Uruguai.

O Aerosmith, que se apresenta hoje à noite no estádio Centenário de Montevidéu, presenteou o líder de 78 anos com uma guitarra autografada.

Após o encontro, o vocalista da banda, Steven Tyler, afirmou que Mujica “vive da maneira que prega, doa seu salário aos pobres, constrói casas para o povo e briga pela liberdade. É um exemplo poderoso”.

“Achamos que é um dos melhores presidentes da América”, afirmou Tyler à Secretaria de Comunicação da Presidência do Uruguai.

Tyler também se referiu ao debate que Mujica promove para que o Parlamento uruguaio legalize a produção e a venda de maconha: “Achamos que esse pequeno país está em uma boa direção”, assegurou.

Para o líder do Aerosmith, Mujica é “um lutador pela liberdade”, uma característica que seu grupo compartilha “em muitos aspectos”, embora, em seu caso, “com música”.

Mujica é considerado por alguns meios de imprensa internacionais “o presidente mais pobre do mundo”, já que dos aproximadamente US$ 12 mil que recebe, cerca de US$ 9.300 são destinados à construção de moradias sociais, enquanto vive em uma humilde chácara que transformou em residência presidencial.

No passado, passou cerca de 14 anos na prisão por sua associação à guerrilha dos tupamaros, a maioria durante a ditadura (1973-1985).

Os tupamaros combateram vários governos constitucionais nas décadas de 1960 e 70. Em plena Guerra Fria, protagonizaram assaltos, sequestros, assassinatos e atentados dirigidos tanto a civis como a líderes políticos ou empresariais.

Após a restituição da democracia no país, já livre, Mujica se incorporou à vida democrática com o bloco de esquerda Frente Ampla, com o qual foi primeiro deputado, senador e ministro de Pecuária, Agricultura e Pesca antes de alcançar a presidência em 2010.

Via Folha