Um dos maiores atores argentinos, Ricardo Darín, se mostrou a favor da legalização da maconha no Uruguai e qualificou de “inteligente” a política desenvolvida pelo governo de José Mujica, segundo uma entrevista divulgada pelo site “RT”. As informações são da EFE.

“Estou ansioso por ver qual é o resultado desta política. Parece uma política inteligente”, declarou Darín, para quem a decisão do Executivo uruguaio está “basicamente orientada contra o narcotráfico”.

“O que o narcotráfico trouxe através dos anos? Criminalidade, delinquência e homicídios”, expressou o ator.

Na entrevista, Darín dá como exemplo o caso da Holanda, “um Estado que ama e cuida de seus cidadãos”.

“Tiveram um problema enorme de dependência à heroína durante muitos anos e o Estado decidiu assumir problema de seus cidadãos. Criminalizar o viciado é uma loucura, não adianta. Não vai para nenhum lado positivo”, afirmou.

“Um Estado forte deve tomar conta de seus cidadãos, porque se não, nos demonstra que somente nos ama na hora das eleições, mas não na hora dos problemas”, comentou Darín na entrevista.