Você está lendo

Esperta, Rita Lee respondeu a Pedro Bial sobre drogas ‘Pensei que fosse falar de café, Coca-Cola, cigarro, açucar e álcool”

Na segunda edição do novo programa da Rede Globo, Pedro Bial recebeu a ‘rainha’ do rock nacional e foi questionada sobre toda sua carreira, hoje ela diz que ‘rock é cuidar da minha horta‘. Careta a 11 anos – desde que nasceu sua neta, ela continua super ativista pela transgressora e sempre resistente, no que diz respeito ao direito da mulher e da liberdade individual.

Ela também respondeu espertamente a pergunta mal feita de Pedro Bial que quis ser polémico com relação aos avanços da legalização da maconha. O diálogo foi um tapa de luva, de uma vó que sabe com propriedade do que está falando.

Pedro Bial começou: Você já pegou pesado, falando das drogas…

Pedro Bial: A gente estava falando das drogas né… Vamos falar um pouquinho de cada uma e ver sua relação? A maconha que hoje é uma questão do mundo”

Leia também:  Verão da Lata: A maldição e o triste fim do barco Solana Star

Rita simplesmente lacrou: Você vai falar de maconha? Pensei que fosse falar de café, Coca-Cola, cigarro, açúcar e álcool…. (mostrando que tudo é uma droga.)

Pedro Bial concordou prontamente e ambos finalizaram afirmando que o álcool é de fato o mais nocivo a saúde do ser humano e que ele esta a venda em todos os lugares.

Depois ela também contou algumas experiências com LSD.


Se inscreva no nosso canal do youtube e assista primeiro!

Na pontinha…
É claro que Pedro Bial fez uma pergunta sensacionalista e sabe que sua emissora é a que mais lucra com os comerciais de cerveja. Você pode ver o trecho completo, abaixo.

Responde aí:

Carregando ... Carregando ...

Jonas Rafael Rossatto

Tem 28 anos, é ativista, corinthiano, designer, estrategista de social mídia, palestrante, menino sem endereço que voltou ao Brasil só pra incomodar. É o idealizador e responsável pela tecnologia e design do portal e faz matérias especiais para as seções de Ativismo, Curiosidade e Cultura.
medico maconha

Comente

Escreva seu comentário