Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

De passagem no Brasil para apresentação única em SP, os integrantes do lendário grupo californiano de rap foram ao The Noite, do apresentador e comediante Danilo Gentilli. Os “Locos en el cocos” falaram sobre a vinda ao país, carreira, brigas, música, mercado da legalização e sobre a qualidade da maconha brasileira.

Na noite de terça, o SBT ficou mais esfumaçado. O motivo? Duas lendas do rap californiano e integrantes de um dos mais influentes e canábicos grupos do mundo da música estavam presentes no palco do programa The Noite, do apresentado e comediante Danilo Gentilli. Ninguém menos que B-Real e Sen Dog, do Cypress Hill – em passagem pelo Brasil para um exclusivo em terras paulistanas.

Leia também:  Autoridades holandesas investigam se Miley Cyrus fumou maconha

Com o decorrer do programas os assuntos esquentaram: entre outros assuntos, B-Real e Sen falaram sobre as vantagens da legalização quando falamos em mercado:

“Washigton, no Colorado, teve um efeito positivo na economia [com a legalização]. Impostos arrecadados, criação de empregos. Também aconteceu em outros dois estados que legalizaram. Um dos maiores mercados de crescimento é o setor de maconha”

E sabia que o Cypress foi banido do programa Saturday Night Live para todo o sempre? “Toda banda que vai ao programa toca duas músicas, um sucesso e uma outra canção. Tinha planejado cantar normalmente a primeira música. Mas a segunda música, faríamos como o The Who e iríamos destruir as mesas de som, a bateria e depois iríamos fumar uma vela lá no meio”, conta B-Real. O final você confere aí no vídeo:

Leia também:  Guerra às drogas poderia ter prendido presidentes dos EUA, diz pesquisador

Algumas coisas são certas: B-Real tinha um baseado prontinho no bolso, Sen Dog realmente gosta de cachorros e que a dupla é muito mais que apenas baseados acessos, ela é cheia de informação.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

1 COMENTÁRIO ANONIMO

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here