Designers dizem ter criado a scooter mais ecológica do mundo, a pequena elétrica Be.e, que é composta por fibras vegetais, em vez dos tradicionais aço e plástico

A agência de design holandesa Waarmakers projetou uma scooter elétrica feita de plantas, que seria o modelo mais verde do mundo, segundo seus criadores. O protótipo batizado de Be.e usa compósitos naturais feitos de fibras vegetais, em vez dos tradicionais aço e plástico.

size_590_scooter1

Seu corpo é composto por fibra compactada de linho e bioresinas, além de canhâmo, material derivado da Cannabis sativa, nome científico da maconha, alternativa já experimentada por grandes fabricantes de carros, como a Lotus.

size_590_scooter (1)

Além do suporte exterior, não há estrutura interna no veículo – como uma casca de ovo, a superfície externa lisa, mas resistente, é o que dá à scooter a sua força.

O objetivo do projeto, segundo os designers, é mostrar que as estruturas de apoio em veículos de transporte de alto impacto, comumente feitas com aço, podem ser substituídas por fibras naturais mais sustentáveis, sem perder força ou desempenho.

size_590_scooter5

“Nós escolhemos usar esses materiais especificamente por causa das propriedades robustas que eles possuem. Mas eles têm outra vantagem sobre a maioria dos outros materiais de fabricação. Eles provêm de fontes naturais, renováveis e sustentáveis”, explicam os designers.
Fonte: Exame